A origem do nome de ICÉM da língua tupi-garani que significa "ÁGUA DOCE" antiga denominação do Município, sendo que este nome foi dado por motivo de existir no Município 02 (dois) grandes rios em volume de água doce.

O povoado de "Água Doce", nasceu da doação do patrimônio ao Bispado de São Carlos, pelo Coronel Domiciano Alves Ferreira. Posteriormente, essas mesmas terras foram vendidas ao capitão Jonas Francisco Alves que reservou três quarteirões, vendendo o restante da gleba para o Major Salustiano Custódio da Silveira que, por sua vez, doou parte para um novo patrimônio e o restante vendeu em lotes para novos moradores.
Contam-se entre fundadores do povoado de "Água Doce", além do Coronel Domiciano, do Capitão Jonas e Major Salustiano, Joaquim Chagas de Matos, Marcolino Antônio Rosa, Isaac Alves Ferreira, Benedito Gonçalves de Deus, David Sabino das Neves e Antônio J. das Neves. Seu desenvolvimento acompanhou, de certa forma, o crescimento administrativo da região pertencente a Barretos, composta por localidades que, originariamente, haviam sofrido a influência da movimentenção povocada pela exploração de minérios em Minas Gerais.

Pela Lei nº 1.449 de 28 de dezembdro de 1914, o povoado de Água Doce recebeu a denominação de Icém, sendo elevado a categoria de Distrito de Paz, e como tal instalado em 24 de abril de 1915.

Foi desmembrado do Município de Barretos pela Lei nº 1.571, de 07 de dezembro de 1917, e incorporado ao Município de Olímpia, do qual foi desanexado pelo Decreto Lei nº 14.334 de 30 de novembro de 1944 e incorporado ao Município de Guarací-SP.

Com o constante progresso que vinha desenvolvendo nesta época, o Distrito de Paz de Icém mereceu atenção de inúmeras pessoas dedicadas que passaram a trabalhar pela sua emancipação política, podendo citar entre outros de Ovídio Custódio Moreira, Isidro Alves Rosa, Jerônimo Machado Silveira e Clarindo Neves.

Icém foi elevado a Município, com sede na Vila de igual nome e com o território do respectivo Distrito de Paz, pela Lei nº 2.456 de 30 de dezembro de 1953 e posta em onitsuka tiger whizzer lo execução em 1º de janeiro de 1954. Como Município de Icém ficou pertencendo a Comarca de Olímpia (80ª Zona Eleitoral) e Delegacia de Policía de 5ª Classe, pertencente à 2ª Divisão Policial (Região de Barretos).

Ovídio Custódio Moreira, antigo fiscal Municipal, foi um dos que mais trabalhou pela criação do município, e teve seu nome escolhido como candidato único para o cargo de Prefeito Municipal nas eleições de 03 de outubro de 1954, sendo empossado em 01 de janeiro de 1955.

Até outubro de 1969 o Município de Icém pertencia a Comarca de Olímpia, mas pelo Decreto Lei nº 158 de 28 de ouutbro de 1969, a partir dessa data passou a pertencer a Comarca de Nova Granada, incorporação está até a presente data, atualmente a Delegacia de Policia de Icém é de categoria 3ª Classe.

Foto:  Icém em 1939