Tema : Os desafios de Envelhecer no Século XXI e o papel das políticas públicas.

Tema : Os desafios de Envelhecer no Século XXI e o papel das políticas públicas.
Foi o tema da IV Conferência Municipal e da V conferência Nacional dos Diretos da Pessoa Idosa. Neste mês de março aos quatorze dias realizou – se a IV Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa de Icém. Na abertura cerimonialista, Geane Dutra da Silva, apresentou o tema da Conferência. Na solenidade vários segmentos da sociedade se fizeram presentes. De forma especial foi agradecida as presenças marcantes das comunidades dos Idosos de Icém que, ao longo dos anos, tem se dedicada a inclusão da pessoa idosa na sociedade, justificando assim o tema da Conferência. A Classe estudantil, representado as Redes de Ensino, interagiu com as outras modalidades demostrando preocupação tanto com a atualidade quanto ao futuro. Em seguida, fez se um breve relato a respeito da convidada Doutora Carla Elisa Chaves ,‘’ Conferencista do Evento’’, descantado- se em Prestação de contas (estadual e federal), em Gestão de Políticas Públicas e em Direito das Obrigações. A Doutora Carla Elisa Chaves, ficou comovida com as palavras da cerimonia lista a seu respeito, salientando que há vários anos, o relacionamento em trabalhos sociais realizados buscando fortalecer os compromissivos com os ideais. O tema proposto para IV Conferência seria explanado pela conferencista. No uso da palavra , a conferencista aprestou síntese dos indicadores dos quatros eixos: Primeiro, Diretos Fundamentais na Construção, Efetivação das Políticas Públicas, Segundo, Educação assegurando direitos e emancipação humana, Terceiro, Enfrentamento da Violação dos Direitos Humanos da Pessoa Idosa, Quarto Os conselhos de Direitos, seu papel na efetivação do controle social na geração e implementação das políticas públicas dentre os aspectos dos eixos apresentados os que mais se destacaram foram os I e IV: as mudanças que vem ocorrendo no perfil familiar na superação dos obstáculos, as situações atuais decorrentes das violações dos direitos e obrigações com os idosos. Por isso, o assunto da IV Conferência Municipal da Pessoa Idosa, é o reconhecimento do poder que a pessoa idosa tem de direcionar a política pública, que visa diretamente a completar seus objetivos de vida. Finalizando a explanação do tema da conferencista ‘’, o Brasil será em poucas décadas, um dos países com maior número de pessoas idosas do mundo e os maiores temores das pessoas diante do envelhecimento tem relação direta com a perda de autonomia. É necessário a atenção básica para atende-la no que elas têm de melhor e mais saudável: o desejo de viver com independência e autonomia, foi encerrada a palestra e aberto com direitos a várias perguntas dentre elas: Como posso denunciar sem me identificar? Para fazer denúncia é só ligar no 100 ou 180 e outra mais. Para realização deste evento houveram muitas participações dentre elas do Departamento de Assistência Social, representado pela gestora ,Luci Mara Eufrazio Floriano e demais órgãos municipais e a sociedade civil. Esses importantes agentes dedicam ao trabalho transformadores da realidade social. O importante é a sensibilidade e a responsabilidade da IV conferência municipal do idoso que contribuiu para ser colocado a todos os participantes que precisam transformar-se realizando o papel criativo do poder público e sociedade civil cujas conexões e interligações constituem a substância social política e institucional da democracia participativa.

Compartilhar

ACESSIBILIDADE

Para navegação via teclado, utilize a combinação de teclas: Alt + [ de atalho]

Atalhos de navegação:

Tamanho da Fonte/Contraste
Por Favor, aguarde...